Portal da Transparência

Município de Joinville

Arquivo: Texto_Licitação_262-2012_3.txt


PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE

SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JOINVILLE
COORDENAÇÃO DE SUPRIMENTOS


ATA DE ABERTURA E CREDENCIAMENTO DO PREGÃO PRESENCIAL N° 262/2012 – LOCAÇÃO DE ANALISADORES DE BIOQUÍMICA

Aos 14 dias de dezembro de 2012, às 14:15h, reuniram-se na Coordenação de Suprimentos, tendo como pregoeiro o Sr. Cláudio José Gonçalves de Lima e sua equipe de apoio de acordo com a Portaria nº. 034/2012, para recebimento e abertura das propostas apresentadas ao Pregão Presencial n° 262/2012. Inicialmente foi efetuado pelo pregoeiro o credenciamento das empresas participantes, as quais apresentaram os documentos necessários, procedendo-se também o recebimento dos envelopes contendo as propostas e a documentação, conforme segue: LABORSYS PRODUTOS DIGANÓSTICOS E HOSPITALARES LTDA, IN VITRO DIAGNÓSTICA LTDA, PORTAL DIAGNÓSTICO COM. DE PRODUTOS E EQUIPAMENTOS PARA LABORATÓRIO LTDA., LABINBRAZ COMERCIAL LTDA., JOHNSON & JOHNSON DO BRASIL INDUSTRIA E COMÉRCIO DE PRODUTOS PARA SAÚDE LTDA. Em análise o pregoeiro desclassificou as propostas das empresas Portal Diagnóstico Comercio de Produtos e Equipamentos para Laboratório Ltda., por apresentar para o item 01 do lote 02 do Edital, equipamento com capacidade máxima de 500 testes/hora, e também por não especificar na proposta nem nos prospectos se os equipamentos possuem software em português; a empresa Labinbraz Comercial Ltda., por cotar no reagente CKMB a marca WIENER e apresentar o Certificado de Boas Praticas de Fabricação da empresa Katal para este item, por apresentar para o item 02 do lote 02 uma certificação ISO do fabricante do equipamento, deixando de apresentar o Certificado de Boas Práticas de Fabricação do mesmo, por não especificar na proposta e nos prospectos se o software dos equipamentos são em português, e por especificar na proposta que as cubetas dos equipamentos são de quartzo quando no prospecto apresenta cubeta de vidro; a empresa Laborsys Produtos Diagnósticos e Hospitalares Ltda. por apresentar equipamentos com consumo de água superiores aos exigidos no instrumento convocatório, sendo que o equipamento de 600 testes consome 15 litros/hora e o de 300 testes consome 12 litros/hora; a empresa Johnson & Johnson do Brasil Industria e Comércio de Produtos para Saúde Ltda, por o equipamento apresentado para o item 02 do lote 02 não realizar testes de HB1AC (Hb Glicada); e classificou a proposta da empresa In Vitro Diagnóstica Ltda, por ter atendido todas as exigências do Edital. Seguindo-se de imediato à fase competitiva (lances) das propostas classificadas, restando como menor preço a proposta de lance da empresa In Vitro Diagnóstica Ltda., no valor total de R$ 890.000,00 (oitocentos e noventa mil reais). Em ato contínuo, procedeu-se a abertura do envelope de nº 2 (Documentação) da licitante que propôs o menor preço global. Em análise das documentações apresentadas, o Pregoeiro, de acordo com a Leis 8.666/93, 10.520/2002 e critérios editalícios, julgou habilitada a empresa In Vitro Diagnóstica Ltda. por mostrar-se em conformidade com as exigências contidas no Edital, sendo declarada vencedora deste certame, com o valor total de R$ 890.000,00 (oitocentos e noventa mil reais).. Indagados pelo Pregoeiro sobre a intenção de interporem recursos imediatos e motivados, a representante da empresa Portal Diagnóstico motivou interesse alegando que as empresas In Vitro, Johnson & Johnson e Labinbraz não trouxeram cópia do documento de identidade de fé pública, conforme item 3.1.1 a, do Edital, sendo que o pregoeiro tirou cópia e autenticou no momento do credenciamento; ausência do coordenador do laboratório ou bioquímico responsável na sessão. O representante da empresa Johnson & Johnson manifestou que fosse considerada de extrema importância a participação de representantes da área técnica na homologação dos resultados, fato não ocorrido na sessão; o representante da empresa Laborsys manifestou alegando que as empresas In Vitro, Labinbraz e Johnson & Johnson não atenderam ao edital no item 3.1.1.a, ou seja não entregaram cópia do documento de identidade, negligência esta que já causou descredenciamento em pregões anteriores, solicitando a revisão do credenciamento destas empresas. Nada mais havendo a tratar foi encerrada a reunião e lavrada esta ata que vai assinada pelos presentes.


Cláudio José Gonçalves de Lima
Pregoeiro


Equipe de apoio: Adriano Domingues Albino Laércio Prestini


Participantes:


Johnson & Johnson do Brasil Industria e Comércio de Produtos para Saúde Ltda.
Luciano André Perini


In Vitro Diagnóstica Ltda.
Fernanda Sabrina Neves


LaborSys Prod. Diagnósticos Hospitalares Ltda.
Edson Donizeti de Paula


Labinbras Comercial Ltda.
Paulo Roberto de Oliveira


Portal Diagnóstico
Samia Solane Schutz




8.199.953 acessos | Última atualização em 18/05/2022 01h 14min